AS ORIGENS DO
PUNÇÃO DE GENEBRA

ma história de excelência que começa no século XIX.

head-img-histoire

Por volta de 1850, a relojoaria genebrina possuía tanta reputação internacional que as falsificações e os abusos de certos fabricantes inescrupulosos se multiplicavam. Para proteger a designação "Genebra" e o savoir-faire que tornou a cidade renomada, a Société des Horlogers (fundada em 1878) pediu ao Grande Conselho da República e ao Cantão de Genebra a criação de uma lei com exigências rigorosas.

 

No dia 6 de novembro de 1886, essa lei estabeleceu um selo independente batizado de 
Punção de Genebra. Um Escritório de controle facultativo dos relógios genebrinos foi criado. Sua missão era atribuir o punção oficial do Estado aos relógios e aos movimentos apresentados pelos fabricantes do cantão que respondiam a um certo número de critérios técnicos precisos.

 

Desde sua criação, o Punção de Genebra evoluiu através do tempo, adaptando os critérios de obtenção do certificado às expectativas, cada vez mais elevadas, dos clientes e amantes da alta relojoaria.

 

A última e mais significativa dessas evoluções aconteceu na ocasião do 125° aniversário do 
Punção de Genebra, em 2011. Ele engloba agora a certificação do relógio como um todo e amplia o controle para 100% da produção que leva o Punção de Genebra.

 

Confiadas à Escola de Relojoaria de Genebra até 2009, as atividades ligadas ao Punção de Genebra estão hoje sob a responsabilidade de TIMELAB - Laboratoire d’Horlogerie et de Microtechnique de Genève (Laboratório de Relojoaria e de Microtécnica de Genebra), uma fundação de direito privado, controlada pelo Estado. O Conselho da fundação é composto de seis altos cargos de funcionário público e três representantes da indústria relojoeira de Genebra.