A Vacheron Constantin é recompensada pela fundação Florens pelo seu engajamento na promoção e na defesa dos Ofícios Artesanais

Novembro 2012

Da esquerda para a direita: Mauro Fancelli, vice-presidente da Fundação Florens ; Juan-Carlos Torres, Diretor Geral da Vacheron Constantin e Giovanni Gentile, presidente da Fundação Florens.

Durante a “Florens 2012” - a Bienal Internacional do Patrimônio, da Cultura e do Ambiente –
Juan-Carlos Torres, Diretor Geral da Vacheron Constantin, recebeu o prêmio Florens pelo Presidente da Fundação Eponyme, Giovanni Gentile, e seu vice-presidente, Mauro Fancelli, no quadro de uma convenção sobre os Ofícios Artesanais organizada pela Fundação Cologni Dei Mestieri d'Arte.

Essa distinção, atribuída este ano a dez personalidades internacionais pelo seu engajamento a favor dos Ofícios Artesanais, recompensa um homem que, há anos, se engaja pessoalmente e engaja a empresa que ele dirige na sua vontade de apoiar o mundo das Artes e da Cultura, fundamento de transmissão do savoir-faire.

Com uma atividade ininterrupta de mais de 250 anos, a Vacheron Constantin se vê na obrigação de ligar
as épocas perpetuando formas de artesanato às vezes esquecidas e vindas de tempos longínquos. Por detrás dos savoir-faire transmitidos de geração em geração se escondem os desafios humanos: aqueles que os artesãos enfrentam cotidianamente ao casar seus talentos e que a Vacheron Constantin não cessa de promover ao perpetuar a prática e a transmissão dos Ofícios Artesanais. Para valorizar estes ofícios excepcionais,
a manufatura relojoeira criou uma coleção chamada Métiers d'Art, na qual cada edição limitada homenageia
um ou vários savoir-faire ligados à relojoaria. Hoje, no coração da Manufatura, um engastador, um guilhochador, um gravador e um esmaltador exercem seus talentos, às vezes em conjunto.

O engajamento da Vacheron Constantin se manifesta igualmente através da colaboração com outros institutos de referência pelo mundo como o Institut National des Métiers d'Art na França e a
Fondazione Cologni dei Mestieri d'Arte na Itália. No último mês de abril, durante a edição de 2012 das
Journées Européennes des Métiers d'Art, a Vacheron Constantin lançou o Cercle 250, círculo internacional reunindo as empresas mecenas ativas há mais de 250 anos e desejosas de preservar e expandir a influência da herança inestimável e preciosa representada pelos Ofícios Artesanais.