“Chronogram”, uma viagem pela memória do tempo

Janeiro 2016

“Chronogram”, uma viagem pela memória do tempo

Durante o Salão Internacional de Alta Relojoaria 2016 (SIHH), a Vacheron Constantin revelou os resultados do projeto de pesquisa “Chronogram” realizado em colaboração com 2 laboratórios da EPFL – Escola Politécnica Federal de Lausana (o Digital Humanities Lab e o EPFL+ECAL Lab) para valorizar e transformar em sistema de informação o fundo de arquivos da Maison.

Desde 1755, mais de 350 metros lineares de documentos preservam a memória da Vacheron Constantin. Em 2014, a Manufatura deu início a uma parceria com dois laboratórios da Escola Politécnica Federal de Lausana para valorizar e garantir a perenidade desses arquivos patrimoniais.

Assim, o Digital Humanities Lab da EPFL (Escola Politécnica Federal de Lausana) desenvolveu durante cerca de dois anos novas técnicas de digitalização, transcrição automática e transformação dos arquivos Vacheron Constantin em um sistema de informação. O EPFL+ECAL Lab desenvolveu dispositivos de transformação deste patrimônio Big Data do passado em experiência de consulta, explorando o potencial de tecnologias emergentes. Três dispositivos inspirados na arte das máscaras, no capacete de esgrima e nos binóculos panorâmicos permitem mergulhar na história da Maison.