A Vacheron Constantin conquista o Prêmio do Público

Novembro 2010

Historiques Ultra-fine 1955

Quinta-feira, 18 de novembro - Diante de um público de mais de 2 mil pessoas reunidas
no Grand Théâtre de Genève para prestigiar a cerimônia de entrega do "Grand Prix d'Horlogerie de Genève 2010", Juan-Carlos Torres, CEO da Vacheron Constantin, recebeu em nome da marca o Prêmio do Público por seu novo modelo "Historiques Ultra-fine 1955".

O Historiques Ultra-fine 1955 é atualmente o relógio mecânico a corda manual mais delgado do mundo, com somente 4,10 mm de espessura. É equipado com o lendário Calibre 1003, de 1,64 mm de espessura e reeditado em ouro 18 quilates por ocasião de seu 55º aniversário em 2010. Sua caixa delgada de 4,10 mm e 36 mm de diâmetro é manufaturada em ouro 18 quilates 4N e foi testada a uma pressão de 3 bar, equivalente a cerca de 30 metros. Indica horas e minutos e dispõe de 30 horas de reserva de marcha. Pulseira de couro de Alligator mississippiensis preto com escamas quadradas e costurada à mão, equipada de fecho dobrável de ouro rosa 4N e meia Cruz de Malta polida.